Algumas pedras da minha 6a. limpeza

Algumas pedras da minha 6a. limpeza
¡VUALÁ! Algumas pedras de minha 6a. limpeza

quarta-feira, 21 de março de 2012

Assuntos Correlatos

Ao entrarmos em contato com a Limpeza do Fígado e da Vesícula, todo um universo se abre, de conhecimentos análogos, meios de manter o bem-estar conquistado através das limpezas, e de produtos saudáveis para substituirem os produtos daninhos que ainda utilizamos.

Na coluna ao lado apresentamos alguns blogs a serem explorados, com assuntos para diferentes âmbitos de interesse.

Para quem necessitar ácido málico para as limpezas (diabéticos e intolerantes ao suco de maçã), se encontra na loja virtual www.perlas-prill.com.br
Nesta loja se encontra uma série de produtos recomendados por Andreas Moritz

Sugiro fortemente o vídeo sobre a colonescopia, toda uma obra de arte, e o blog sobre as Perlas Prill www.graos-de-prill.blogspot.com.br que foi o produto que, em conjunto com as Pedras de Energía Cósmica, definitivamente mudou tudo.

73 comentários:

  1. Eu já li o livro todo, mas ainda tenho algumas dúvidas.
    1-Quem tem prolapso retal pode fazer a limpeza do fígado??
    2-Se puder fazer a limpeza não poderei fazer a hidrocolon, posso fazer outro tipo de limpeza intestinal que não seja a hidrocolon??
    3-Tenho aqui sal amargo, mas não vem escrito na embalagem sais de epsom, é a mesma coisa??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu sugiro perguntar para algum terapeuta que trabalhe com a hidro-colon-terapia se há problema fazer a limpeza do cólon quem tem o prolapso retal. Dependendo da orientação, a senhora sente como encaminhar as limpezas do colon e a toma do Salamargo (sulfato de magnésio, o que no livro chamam de sais de Epsom).
      A limpeza do cólon pode ser feita com:
      1) máquinas de hidrocolon, que é o que Andreas Moritz sugere fortemente, mas custa uns 200 reais a sessão, além de que não é em todas as cidades que há esta disponibilidade.
      2) com irrigador. no livro Andreas Moritz fala em fazer enemas, uma sequencia de 2 ou 3 lavagens. Muitas pessoas entendem que para o enema é suficiente as peras que se vendem em farmácias ou material hospitalar, mas estas peras tem no máximo 250 ml de capacidade e é muito pouca água para uma lavagem profunda, que é o que se necessita. Assim que há a alternativa de comprar irrigadores, que são recipientes com 2 litros de capacidade, com uma mangueira e cânula retal. A limpeza com o irrigador já é bem mais efetiva, e ainda assim, seguir a recomendação de Andreas Moritz de fazer 2 ou 3 limpezas seguidas para garantir a boa limpeza do colon. (mesmo em lojas de material hospitalar hoje é dificil encontrar esses irrigadores no mercado. sugiro a página www.perlas-prill.com.br lá eles tem um modelo que atende bem)
      3) Andreas Moritz sugere o Colosan, que são cápsulas de óxidos de magnésio que fazem uma boa limpeza de material velho dos intestinos. Ele diz que o Colosan não substitui a lavagem, mas para quem está impossibilitado de fazer a lavagem, pode adotar a toma de 4 a 6 cápsulas, 2 a 3 vezes ao dia, para fazer uma boa limpeza. Pode tomar essas cápsulas por uma semana, na semana que antecede a limpeza, para garantir o colon limpo quando se iniciar a limpeza. e pode tomá-las por uns dias depois da limpeza para colocar para fora os cálculos que possam ficar pressos nas reentrâncias do colon.

      sobre o salamargo, sim é o próprio Sais de Epsom, sulfato de magnésio.

      Excluir
  2. A pessoa que faz a lavagem precisa inclusive tomar probióticos (saches de bactérias) para estabilizar a flora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo Andreas Moritz não temos que nos preocupar em repor ou estabilizar a flora intestinal. Com uma alimentação normal, em poucas horas a flora já se repõem por si só. Seguindo esta orientação eu e centenas de pessoas que conheço nunca tomamos probióticos após as limpezas e nunca vi nenhum relato de problema por isso.

      Excluir
  3. Essa semana vou fazer minha segunda lavagem, na primeira não obtive nenhum resultado, mas vou insistir. O problema é que eu tenho uma dificuldade tremenda de ficar em jejum. Eu passo muito mal, tenho dores de cabeça e vomito, mesmo por um período curto como o descrito no livro (menos de 24h). E ficar sem ingerir carne, leite e derivados de animais parece que me deixe ainda mais fraca. Tem alguma dica pra isso?Obrigada, Amanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, já vimos alguns casos como o seu, sabemos que cada organismo é um, com necessidades diferentes. O que podemos sugerir é que durante os primeiros 5 dias de suco a senhora reduza o consumo de carnes leite e derivados, procurando um equilíbrio entre essa redução e seu bem-estar. Já no sexto dia não tem alternativa a não ser seguir à risca as recomendações do livro: NADA de gordura ou proteína nem no café da manhã nem no almoço e jejum total até a manhã seguinte. Se ingerimos gorduras e proteínas neste 6o. dia utilizamos para a digestão a bilis que é produzida neste dia, e precisamos que ela se acumule para promover a "descarga" da limpeza do fígado quando ingerirmos o azeite as 22 hs. Se quebrarmos o jejum da tarde do 6o. dia ou ingerirmos gorduras e proteínas neste dia, o risco é não sair nunca nenhuma pedra.
      Por isto a sugestão de se fazer a limpeza num final de semana, ou num dia de descanso, que podemos enfrentar as dificuldades que se apresentem estando em casa. Assim, enfrente o mal estar, sabendo que os benefícios que poderá colher desse processo é muito maior, e muito mais duradouro que a indisposição passageira.
      E por outro lado, o que temos visto é que mesmos estas pessoas com esta dificuldade que a senhora tem, ao longo do tempo vai reeducando o organismo, e ao longo das limpezas vai deixando de sentir o mal estar associado ao jejum. É como alguém que bebe café diariamente, no dia que não bebe pode sentir dor de cabeça, mal estar e sonolência, claro, todo o dia. Mas quanto mais esta pessoa se abster do café, cada vez menos sentirá estes efeitos, até poder deixar de beber café por completo e se sentindo muito bem. Quero observar que isto do café é só um exemplo, nada contra o café (ainda que Andreas Moritz fale no livro que a gordura do café é muito mal digerida, um grande gerador de cálculos biliares), eu particularmente bebo café sabendo que terei que fazer minha limpeza do fígado de manutenção a cada 6 meses, mas aí temos que ter consciência que tudo é questão de hábitos, e todos os hábitos podem ser transformados.
      Resumindo: não desista, enfrente o mal estar e verá que pouco a pouco a senhora vencerá ele.

      Excluir
  4. Ola, eu vou fazer a limpeza do fígado, não entendi como tem que ser feito a limpeza do cólon, as doses, onde encontrar o colosan??? Se escolher pelo salamargo como fazer??? Tem que tomar quantos dias??? Qual a dose??? Qual a melhor opção?? Colosan ou salamargo??? Visto que não há possibilidade de fazer essa limpeza mais profunda do cólon!!! Outra dúvida, por que não pode tomar o suco de maçã quem tem crise de candidíase????? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Melissa,
      Em primeiro lugar ter em mente que a semana de limpeza do cólon com Colosan é uma recomendação exclusiva para os que têm intestinos presos cronicamente. Caso a senhora não tenha problema de prisão de ventre, não tem necessidade de fazer essa semana de limpeza do cólon com Colosan.
      Caso sim, caso este é o caso da senhora, o site www.perlas-prill.com.br vende o Colosan. Nesta página estão as instruções de como tomar o Colosan para fazer a semana de limpeza (são 4 a 6 cápsulas 3 vezes ao dia, durante 7 dias). Isto porque não se pode entrar na Limpeza do Fígado com o instestino obstruído, e Colosan é o produto que Andreas Moritz recomenda pois não tem nenhuma contra-indicação, nem efeito tóxico, nem efeitos colaterais, como os outros laxantes tem.
      O Salamargo é utilizado durante o processo mesmo da Limpeza do Fígado. Todos devem tomar o Salamargo no 6o. e 7o. dia da limpeza.
      Para a semana de limpeza do cólon para os que tem intestino preso o Salamargo não é recomendado pois o uso contínuo gera uma desidratação do organismo. O que Moritz recomenda é o Colosan mesmo.
      Para cosultar na fonte as instruções de como tomar o Colosan durante a semana de limpeza do cólon, como tomar o Salamargo durante a limpeza do fígado, ver o livro "Limpeza do Fígado e da Vesícula".
      Sempre recomendo a leitura do livro para todos que tem a intenção de fazer a limpeza. No livro esclarece dúvidas como as da senhora e melhora nosso entendimento do que consiste esta limpeza para poder fazê-la mais conscientemente. Eu considero o livro imprescindível, não faça a limpeza sem tê-lo em mãos para consulta.

      Excluir
    2. Ah! e sobre a candidíase, a maçã tem muito açúcar, o suco é muito doce, o que o torna inapropriado para quem tem diabetes e também Cândidas, que se alimentam e proliferam com açúcar. Nestes casos, substituir o suco por ácido málico.

      Excluir
    3. Parvati, só mais uma dúvida, a dose do sal amargo são 4 colheres, você poderia fazer a gentileza de dizer em gramas qual seria a medida correta, já que nas farmácias encontramos saches!!! Obrigada pela atenção!!

      Excluir
  5. Olá Melissa,
    O que tenho observado é que essa medida que Andreas Moritz colocou no livro é uma medida geral, genérica, como uma referência que serve para todos.
    Mas algumas pessoas são mais sensíveis que outros ao Salamargo. Eu mesma, por exemplo, tenho que utilizar as 4 colheres BEM CHEIAS, tipo 4 montanhas de Salamargo, para que o Salamargo atue no meu organismo. Minha mãe tem que ser 4 colheres BEM RASAS, caso contrário fica tendo diarréia o domingo inteiro, chegando a ser excessivo e desnecessário.
    Assim que sugiro preparar inicialmente com 4 colheres médias de Salamargo. Neste caso um saquinho de 30 gramas costuma dar.
    Mas é bom ter um saquinho extra de reserva, pois se ao tomar a 1a. e 2a. doses a senhora não sentir efeito algum do Salamargo - ou seja, se até as 21:30 hs a senhora não teve diarréia - já fica sabendo que seu organismo é pouco sensível ao Salamargo, então acrescente mais uma colher na solução para dar reforço na 3a. e 4a. doses que a senhora tomará no dia seguinte.... E já fica sabendo para as próximas limpezas que precisa de colheres bem cheias...
    Ou o contrário: se com a 1a. e 2a. doses a senhora vai mais de 2 vezes ao banheiro antes das 21:30 hs, já sabe que no dia seguinte pode tomar menos quantidade da solução preparada, e nas próximas limpezas fazer a solução com colheres rasas.
    Coloco esse horário de 21:30 como referência pois é o horário que no livro diz que, caso a pessoa não tenho feito uma limpeza do cólon até aquele horário, este é um bom horário para fazê-la. E ao fazer a limpeza do cólon neste horário, toda a diarréia é desencadeada, mesmo para os que ainda não tinham sentido o efeito do Salamargo até então.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei na farmácia o salamargo e o sache veio com 25 gramas, vc acha que um sache e mais uma parte de um segundo é suficiente??? Ou uso somente um??? Ou coloco os dois pra completar 50 gramas??? Meu intestino não é preso!!! Muito obrigada!!!

      Excluir
  6. Coloque 4 colheres de sopa nem cheias nem rasas: médias. Precisará de mais de um saquinho.

    ResponderExcluir
  7. Parvati, boa tarde. Realizei minha primeira limpeza de fígado e uma semana após tive infecção urinária, o que nunca havia tido. Creio que seja pelo fato de não ter realizado a limpeza do intestino e alguma pedra ter ficado em meu corpo, gerando toxicidade, tal como explica o Andreas Moritz no livro. Comprei uma bolsa para enemas, e na segunda limpeza que fiz, já tomei maior precaução quanto ao intestino. Já havia feito vários enemas anteriores, e no dia da limpeza fiz o enema, assim como três dias após. No entanto, neste exato momento, duas semanas após a limpeza, estou com sintomas como: inchaço na barriga, cólica na região do estômago e do próprio fígado, além de estar com o intestino solto. Fiz exames laboratoriais e estão regulares, mas o desconforto perdura por 13 dias. Acredito no poder de cura da limpeza, mas ao mesmo tempo fico preocupada, pois sinto que o processo de limpeza em mim está sendo profundo, e de repente o corpo não está conseguindo expelir todas as pedras, gerando-me problemas. Diante do relato, gostaria de obter a sua opinião. Semana que vem já era para eu iniciar minha terceira limpeza. Não sei como proceder para reduzir os incômodos e se tudo isso faz parte do processo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, em primeiro lugar perdão por não ter visto tua pergunta antes, só hoje, fazendo um repasso no blog vejo que ela ficou não respondida.
      Espero que voce tenha seguido com as limpezas, um ano se passou e em tempo de já ter concluído seu ciclo.
      Algumas pessoas sentem muito fortemente os efeitos da limpeza. Algumas no plano físico, como você, e outras no emocional, já que o fígado é o orgão da raiva e muita coisa acumulada ao longo dos anos podem se movimentar durante a limpeza.
      Quando se sente esse desconforto, pode-se ou esperar passar para iniciar a próxima limpeza ou pelo contrário antecipar a próxima limpeza em uma semana (dando 3 semanas de intervalo entre uma limpeza e outra) para se "combater" o mal estar pela raíz, eliminando a toxidade do organismo, que certamente é o que gerou seu mal-estar. Quando fazemos a limpeza e as muitas pedras são eliminadas, digamos que 90% das toxinas acumuladas naqueles cálculos são colocadas para fora, mas tem esse 10% residual que fatalmente cai na circulação. Por isso da importância da limpeza dos rins a cada 3 limpezas do fígado, para que eles não se sobrecarreguem com essas toxinas.
      Então, ainda que com todo o desconforto que voce sentiu, o melhor é dar continuidade às limpezas, e se auxiliar com métodos complementares, como beber água Prill, que é alcalina e ionizada, consequentemente altamente desintoxicante. Vencendo essa etapa no qual o organismo se verá tendo que lidar com mais toxidade do que está acostumado, depois virão os benefícios.
      Caso tenha dado continuidade às suas limpezas, nos conte os resultados.

      Excluir
    2. Das ervas indicadas por Andreas Moritz para a limpeza de rins, achei na loja o Herborista em Copacabana:
      Malva, Unha de Gato, Manjerona, Uva Ursi, Erva Doce (semente) e Confrei. Fica a dica para quem mora no RJ, porém não encontrei chicória, Ulmária, Raiz de Hortência e Vara de Ouro. Quais ervas vc indicaria para substituir estas 4 ? Agradeço por antecipação.

      Excluir
  8. Eu fiz a descarga hepatica e usei um kit chamado kiry a... sairam mais de 120 pedras, algumas com impressionantes 3cm... achei fantastico, segui à risca o programa e tive como resultado 4,5kg a menos e 4cm de barriga a menos. Confesso que fiquei keio abalado com a quantidade , mas meu terapeuta disse nao estar impressionadp pois tive duas hepatites nao viral, uma aos 12 anos e outranaos 36... para mim foi otimo.

    ResponderExcluir
  9. Que bom Ildo, incentivo o senhor a seguir com as limpezas... é forte mesmo todo o processo, mas ao longo prazo vemos como vale a pena cada esforço. Boa sorte e gratos por compartilhar.

    ResponderExcluir
  10. Oi Parvati. Tenho o intestino muito preso e faço uso de laxante, não tenho como comprar o Colasan devido o valor ser muito alto, posso fazer essa limpeza com o óleo de ríncero

    ResponderExcluir
  11. Olá Lili, segundo Andreas Moritz o Colosan é mais recomendado por ser inócuo, os outros laxantes conhecidos acabam trazendo alguma consequencia para o organismo com o uso constante a longo prazo... mas sim, não tendo possibilidade de adquirir o Colosan, faça a limpeza profunda dos intestinos com óleo de rícino na semana que antecede a limpeza do fígado, que é a semana de preparação com o suco de maçã. Pode ser feito com água também (com irrigador de 2 litros, por exemplo)

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho um pequeno adenoma no fígado, posso fazer esta limpeza?
    Eu esqueci de pergunta.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lili, não só pode, como será o melhor tratamento que a senhora poderá fazer para seu fígado. Ao restaurar o bom fluxo de bilis no fígado (eliminando TODOS os cálculos, é preciso fazer as limpezas até o final, até o fígado estar limpo) seu fígado se restaurará sozinho e a senhora poderá observar a regressão de desaparecimento das anormalidades.

      Excluir
  13. queria uma aclaração enquanto a quantidade de sulfato de magnésio pois a recomendada pela medicina é de 40 gramas máximo por dia e na limpeza vejo pessoas que tomam ate 120 gramas.

    ResponderExcluir
  14. Olá Ricardo,
    Segundo o livro deve-se tomar 4 colheres de sopa de sulfato de magnésio a cada limpeza. Se as colheres forem cheias, serão umas 50 ou 60 gr. se forem rasas, umas 40 gr. Isso depende da sensibilidade de cada um para o Salamargo. Eu, por exemplo, tenho que tomar colheres bem cheias para ter efeito. E conheço pessoas que tem que tomar bem rasas pois de outro modo passam 2 dias indo no banheiro.

    ResponderExcluir
  15. Olá, li o livro todo e tenho algumas duvidas para fazer a limpeza.
    1. Resumindo, tem que fazer a limpeza 1 vez por mes ate completar de 8 a 12 limpezas?
    2. Toda vez que fizer a limpeza precisa fazer a lavagem do colon antes e depois? Portanto tem que ir duas vezes por mes ao hospital para realizar a lavagem? Eu trabalho o dia todo, nao tenho condicoes de perder 2 dias por mes durante todo o ano para fazer esse procedimento. Como as pessoas normalmente fazem?
    3. Me falaram que eu precisava fazer um ultrassom para checar se tenho pedras na vesicula, é verdade?
    Gratidao

    ResponderExcluir
  16. Olá Lucas,
    Vamos por partes:

    1. 1 limpeza por mes até seu fígado estar limpo, que em média é de 8 a 12 limpezas, mas pode demorar mais, depende da eficiência de cada limpeza, que depende do quanto o senhor segue as instruções do livro (principalmente no quesito alimentação durante os 6 dias de preparação, principalmente do café da manha e almoço do 6o. dia.

    2. lavagem do colon antes e depois. Moritz diz que o melhor método é a hidrocolonterapia. mas muitos não tem acesso, ou porque não tem clinicas desse tipo em suas cidades, ou pelo valor. Se o senhor tem acesso, faça pelo menos a limpeza de DEPOIS, (até 3 dias depois do dia da limpeza).
    Caso não possa fazer nenhuma, adquira um IRRIGADOR, um recipiente de 2 litros com mangueirinha e cânula para o senhor fazer a lavagem intestinal em casa. Comprar em lojas hospitalares ou no site www.perlas-prill.com.br
    Com o irrigador a limpeza nao é tao profunda com na hidrocolon terapia. Etnão se recomenda fazer 2 ou 3 lavagens seguidas (depois de evacuar os 2 litros, voltar a colocar mais 2 litros de água, e depois de evacuar renovo, mais 2)

    3. Não precisa checar a vesícula. Se tiver cálculos nela, sairão. Muitas pessoa fazem isso para depois comprovar a efetividade do método, mas é pura especulação, não é necessário fazer de antemão.

    ResponderExcluir
  17. Olá! Mesmo uma pessoa que é muito magra e que não pode emagrecer (eu tenho 5% de gordura apenas, IMC 15%, mas os exames de sangue estão normais) pode fazer essas limpezas?

    ResponderExcluir
  18. Olá Lucas, sim pode. Há recomendações especiais para quem não pode ficar muitas horas sem comer, como requer o pequeno jejum que se faz entre o 6o. e 7o. dias da limpeza.
    Mas no seu caso não há problema. Melhorando seu metabolismo com a limpeza do fígado pode ser inclusive que o senhor venha a ter ganho de peso. Ou se já leu sobre medicina Ayurveda, o senhor pode ser o tipo corporal Vatta, que é saudável sendo magro mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas respostas e orientações. Já estou realizando algumas sessões de hidrocolon, em breve realizarei as limpezas.
      Com relação ao emagracimento, sim, foi isso que eu imaginava mesmo, mas foi uma profissional da Ayurveda que colocou esses medos e dúvidas na minha cabeça, por isso achei estranho e fiquei preocupado! :/ E sim, sou quase 100% Vatta rsrs

      Excluir
  19. Boa tarde! Estou para fazer a limpeza e gostaria de saber se posso comer as maças em vez do suco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim pode, mas ter em mente que é uma quantidade grande de maçãs diariamente por 6 dias, mínimo 8 maçãs por dia. Considerar que qualquer suco de caixinha do supermercado tem a quantidade de ácido málico necessário para a limpeza, e que ainda há a possibilidade de comprar o ácido málico em pó e diluir uma colherinha em um litro de água, durante 6 dias. Digo isso para que você não crie uma dificuldade para você mesmo ao "complicar" a limpeza mais do que necessário. Considerando que a limpeza deve ser feita 1 vez ao mês ou no máximo a cada 2 meses até que seu fígado esteja limpo - uma média de 8 a 10 limpezas - você passará um bom tempo envolvido com a limpeza, que a longo prazo exige disciplina e força de vontade. Se ainda incluir o "desafio" das 8 maçãs diárias, pode ser que esteja criando um obstáculo desnecessário. Mas sim, se gosta de maçãs, pode substituir o suco.

      Excluir
  20. Tenho pequenas pedras na vesícula já fiz a ultrassom p cirurgia , já estou na dieta, mas tenho medo de obstrução do pâncreas? Já teve casos assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim já ouvimos falar sobre este caso de obstrução, através de terceiros, sobre pessoas que fizeram a limpeza através de um resumo da internet, sem se aprofundar no passo-a-passo do processo tal como é recomendado no livro. Mas também já acompanhamos centenas de pessoas fazendo a limpeza que em nenhum caso esta obstrução aconteceu. Acredito que o "segredo" está em SEGUIR PASSO-A-PASSO AS INSTRUÇÕES DO LIVRO. Após tomar a mistura de azeite e laranja com limão, Andreas Moritz fala para deitarmos IMEDIATAMENTE de barriga para cima, e ficar imóvel uns 20 minutos. Depois se precisar mudar de posição, deitar sobre o lado DIREITO. Entendo que dessa forma se elimina o risco de algum cálculo entrar no canal do pâncreas, que fica do lado esquerdo do corpo. Se não dermos importância para essas instruções e deitarmos sobre o lado esquerdo, pode ser que, por gravidade, algum dos cálculos expelidos pelo fígado ou vesícula, ao chegar no duodeno, venha a se movimentar posicionando-se no canal do pâncreas. Assim que sim já ouvimos falar sobre essa obstrução, mas somos testemunhas de centenas de casos de limpezas completas indolores, seguras, e bem sucedidas.

      Excluir
  21. Olá! Gostaria de saber se posso subsrituir o henema, feito antes e depois da limpeza do fígado, por sal amargo. Uma amiga substitui por tomar uma colher de chá de sal amargo em 150ml de água morna, em jejum, nos três dias que antecedem a limpeza e três dias após a limpeza! Tens algo pra falar sobre isso? Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho a falar o que Andreas Moritz recomenda: NADA substitui a limpeza do intestino com água, nem Colosan, nem Salamargo, nem qualquer outro laxante.
      Ele faz ênfase na importância da lavagem intestinal, recomendando para todos que tenham acesso a hidrocolonterapia. Para os que não tem acesso recomenda um produto que não temos aqui no Brasil, o Colema Board, como uma prancha de surf com um furo no meio, que se apoia sobre o vaso sanitário, para deitarmos nessa prancha e fazer uma lavagem colonica com cerca de 20 litros de água.
      Se essa alternativa também não está disponível, então recomenda o enema, de 2 litros de água, a ser repetido 1 ou 2 vezes seguidas, pois 2 litros é muito pouco para limpar satisfatoriamente o cólon. Esta é a derradeira alternativa. Não se pode substituir o enema por outro método caso queira desfrutar dos benefícios da limpeza assegurados pelo autor, pois se os cálculos não forem retirados do cólon em até 3 dias, eles serão reabsorvidos pelo organismo, e não haverá melhoras na saúde já que a desintoxicação não aconteceu. E quem faz a lavagem intestinal depois da limpeza está de prova da quantidade de cálculos que são eliminados na lavagem, mesmo depois de termos tido fortes diarréias. Isto é devido à anatomia do cólon, composto de "gomos", onde os cálculos podem se alojar. Um bom volume de água é que tem condição de remover esses cálculos dessas reentrâncias do cólon, como jogar um balde de água num canto sujo, desprendendo a sujeira desse canto.

      Excluir
  22. Respostas
    1. Com chá renal durante 20 a 30 dias. Ver site www.perlas-prill.com.br que tem as ervas necessárias.

      Excluir
  23. Gostaria de saber qual a quantidade de ácido málico devemos tomar para fazer uma limpeza do figado....tomando ácido málico em pó

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. uma colher de café ( a menor de todas ) rasa de ácido málico. O frasco que é vendido no site www.perlas-prill.com.br com 50 gramas de ácido málico dura por, pelo menos 4 limpezas completas. Acaba saindo mais em conta que o próprio suco de maçã.

      Excluir
    2. Uma colher de café rasa POR DIA DURANTE 6 DIAS... esqueci de comentar acima.

      Excluir
  24. Parvati, boa tarde. Meu nome é Renata Gonçalves, tenho 44 anos, 1 filho, e sou casada (completei agora dia 30.11.15 - 19 anos de casada). Estou tentando fazer a minha 3ª limpeza, mas está difícil. Hoje dia 01/12//15, eu estava até começando desde a parte da manhã. Porém, quando estava lendo o livro do Andreas Moritz, vi lá pela página 136 mais ou menos que caso a pessoa esteja com alguma enfermidade, como gripe, alergia, dentre outras mais graves, NÃO PODE FAZER A LIMPEZA. E aí o que eu faço, pois já comprei as frutas, encomendei o ácido málico (pedi para manipular, pois na 2ª limpeza foi excelente, e saiu muitas pedras), e como eu abro 5 cápsulas para colocar em 1 litro de água para tomar, o que devo fazer? Desde a minha última limpeza que foi em Junho desde ano (2015), eu comecei a sentir mais dores, meu abdome ficou bem maior e inchado. Comecei a sentir dores dos lados que eu não sentia. Gostaria muito de conversar diretamente com vc ou pelo skype (o meu é renatagalmeida41), ou pelo facebook (o meu é Renata Gonçalves de Almeida), pois tirando as dúvidas diretamente com vc eu fico mais tranquila.Aguardo seu retorno o mais breve possível. E já te agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata, o segredo é ir até o final com as limpezas, até não sair mais pedras. E não deixe passar tantos meses entre uma limpeza e outra, tente fazer uma por mes, ou no máximo uma a cada 2 meses. Ao final das limpezas, com o fígado limpo, todos esses sintomas de mal estar desaparecerão, pode ter certeza.
      No caso de já ter tomado 4, 5 ou 6 dias de suco ou ácido málico e não puder fazer a limpeza no dia previsto, simplesmente extenda o período por mais 2 ou 3 dias, quanto necessitar (mas sem exagerar) e fazer a limpeza no próximo dia que seja adequado. Guarde suas frutas na geladeira, compre mais ácido málico, atrase a data da limpeza em 2 ou 3 dias, mas não deixe de fazê-la!

      Excluir
  25. Muito bom, obrigado por compartilhar essas informações. Lendo as suas respostas, todas as minhas dúvidas foram esclarecidas... Ontem eu fiz a limpeza do fígado, seguindo as orientações do livro, acabei de tomar a terceira dose de 'sal amargo', sinto um pouco frustração por não ter expelido nenhuma pedra ainda... Lendo aqui as suas respostas estou mais tranquilo e com um profundo sentimento de gratidão por você e pelo Dr Moritz.

    Obrigado,
    R Leandro.

    ResponderExcluir
  26. Boa Tarde, meu médico recomendou o kit A. Moritz, tomei o ácido málico a semana toda e tive infecção de bexiga (sofro de cistite crônica há 9 anos). De tanto antibiótico, meus exames foram ruins, especialmente do fígado. Como parei a desintoxicação, penso em recomeça-la mas não encontrei ácido málico na minha cidade, posso substituir, ou onde eu compro?
    Rosicler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosicler, caso voce não sofra de diabetes, hipoglicemia, candidíase, cancer ou ulceras estomacais, a senhora pode utilizar suco de maça de caixinha (qualquer marca, mas se tiver condições de adquirir suco orgânico, muito melhor). Deve ser tomado 1 litro de suco de maçã por dia durante 6 dias.
      Caso necessite mesmo do ácido málico (uma das opções acima) pode comprar no site www.perlas-prill.com.br
      Ao final a limpeza com ácido málico sai mais barata que fazer com suco de maça, e tem algumas vantagens como a praticidade e não nos faz enjoar do suco de maçã.
      Pode-se também alternar entre vários sucos durante esses 6 dias, todos com mesmo efeito: suco de cranberry (precisa somente de 1 copo de suco por dia) suco de cereja azeda (não sei se se encontra isso aqui no Brasil), vinagre de cidra de maçã (90 ml em um litro de água por dia) e ainda outras alternativas.

      Excluir
    2. BOA TARDE PARVATI, agora sim consegui fazer a minha primeira limpeza. Saiu bastante pedras, mas passei muito mal, achei que iria desmaiar, caiu a pressão e tive um mal estar tremendo. Nas demais desintoxicações passarei mal assim, ou isso vai diminuindo? Fiquei com receio de repetir...rs

      Excluir
    3. Cada limpeza é uma, mas no geral elas vão ficando cada vez mais fáceis, e no geral se desperta no dia seguinte da limpeza melhor do que se estava no dia anterior. Quando a descarga é muito grande, pode acontecer de se sentir este mal estar, que é consequencia da grande quantidade de toxina que se movimentou dentro do organismo. É preciso cuidar muito bem das limpezas do cólon, para ter certeza que cálculos que podem ter ficado no cólon seja lavados para fora logo no dia seguinte, ou no máximo dentro de 3 dias. Cálculos que saem do fígado e ficam presos no colon são a maior causa de mal estar pós-limpeza.

      Excluir
    4. PS: Ânimo!!! não desista! não irá se arrepender quando começar a colher os benefícios.

      Excluir
  27. Olá Parvati, eu não possuo a vesícula, infelizmente foi retirada devido a cálculos e agora acabei de fazer a quarta limpeza do fígado e saiu muita massa amarela e algumas bolas dessa massa amarela e um, ao que me pareceu um parasita morto, as não observei nenhuma cor verde no meio desta massa, apenas umas "pedrinhas" marrom no formato de semente de pimentão.Estranho né? Mas na verdade o que eu desejo saber é; o que é essa massa amarela tão presente em todas as limpezas? e olha que é bastante mesmo. Muito obrigada pelos artigos e pela atenção. Um grande abraço.
    Elaine Fraines

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Bilirrubina é um pigmento amarelo produzida no fígado e presente na bilis. Quando o fígado está congestionado ele não consegue produzir a quantidade de bilis que produziria em condições normais. Andreas Moritz diz que um fígado sadio produz de 1 a 1,5 litros de bilis por dia, e um fígado congestionado pode estar produzindo no máximo 300 ml. Isso altera toda a "alquimia" dos componentes da bilis dentro do fígado e a bilirrubina e a biliverdina (outro pigmento) podem se acumular muito e inclusive penetrar nos vasos sanguíneos e serem depositadas em outras partes do corpo, o que é uma das causas de manchas na pele, uma muito conhecida consequencia de doenças do fígado.
      É a bilirrubina que dá a cor amarela das fezes, diariamente, independente do alimento que comemos.
      Essa massa amarela deve ser, muito provavelmente bilirrubina.

      Excluir
  28. Boa tarde!
    Gostaria do seguinte esclarecimento:
    Qual a quantidade necessária de suco de caixinha de maçã e qual os quesitos para toma-lo na preparação prévia da limpeza, caso haja algum imprevisto e eu nao possa bater o suco natural de maçã?

    Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode comprar qualquer suco de caixinha no supermercado. 1 litro de suco por dia durante 6 dias.
      Quanto melhor a qualidade do suco, melhor para voce. Mais recomendados ainda os sucos orgânicos. Mas para efeito da limpeza, qualquer 1 litro de suco de caixinha, de qualquer marca, tem a quantidade de ácido málico necessária para a limpeza.

      Excluir
  29. Boa tarde, fiz a limpeza do fígado esta semana seguindo as recomendações exatas conforme descritas no livro do Andreas. Cumprir como toda a dieta alimentar e com a quantidade do suco de maçã, além de outros cuidados sugeridos por ele. No dia da limpeza real não vi dificuldade nenhuma em tomar as primeiras duas doses de salamargo e da mistura do azeite. Apliquei o enema às 9:30 da noite, e aí ja foi complicado. Achei extremamente desagradável e intolerante aplicar o enema. No meio da madrugada senti náuseas e ao amanhecer Eu estava muito mal, com suor, taquicardia, estômago extremamente embrulhado, tontura, ânsia de vômito... mesmo assim dei um jeito de conseguir tomar as duas últimas doses de salamargo, e nao havia evacuado até então. Após uns minutos começaram a diarréia, eliminando pedras verdes cor de ervilha e pequenos "cacos" esbranquiçados. E após as diarreias (que foram muito desagradáveis e incômodas) apliquei mais 2 enemas de 2 litros (saíram poucas pedras restantes), todo este processo foi extremamente trabalhoso, desagradável, chato, demorado, foi tão ruim, que me fez esquecer quais benefícios eu estava buscando fazendo tudo aquilo. Não senti melhora nenhuma, não senti bem estar nem clareza de pensamentos, percebi que simplesmente foi tudo em vão!Eu que estava super animada e disposta a dar continuidade em todo o processo de Limpeza do Fígado já não acho mais que eu vou continuar, pois este trabalho todo é muito ruim e não colhi bons resultados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Martha, agradecemos seu depoimento e sua sincerade, pois realmente o processo não é fácil e por isso dizemos que é preciso estar bem informados sobre a limpeza, para não se achar que "milagrosamente" os problemas de saúde desaparecem. É um processo longo - imaginando uma série de umas 8 ou 10 limpezas - e que exige força de vontade.
      Talvez a senhora agora também compreenda do porque se diz que o processo mexe com raiva guardada, sendo o fígado o órgão da raiva e a bilis sua secreção ("verde de raiva") pois realmente essa reação que a senhora sentiu não é anormal, podemos entrar em contato com uma raiva muito concreta, que podemos sentir em relação à limpeza, ao autor do livro, a nós mesmos, etc.
      Esteja certa que, ao eliminar cálculos, seu organismo já está se beneficiando, talvez não do modo como a senhora esperava, com os resultados que a senhora esperava logo na primeira limpeza. Nas primeiras limpezas inicialmente se normalizará digestão, assimilação de nutrientes, circulação sanguínea, linfática, oxigenação celular. A senhora precisará passar ainda por algumas limpezas até sentir o resultado na forma clareza mental, e dependendo do estado de toxicidade de cada um, nas primeiras limpezas alguns sintomas se agudizam, para, depois de umas 3 ou 4 limpezas, começar a sentir a melhora.
      Copio abaixo um trecho da nova edição do livro de Andreas Moritz, a ser publicada brevemente no Brasil, com indicação de como proceder no caso de náusea.
      Espero ter podido contribuir e espero que a senhora, passado o desconforto, se anime a dar continuidade.
      Gratos.

      "Algumas pessoas se sentem nauseadas durante a noite e/ou de manhã cedo. Isso se deve à saída súbita e forte dos cálculos e das toxinas do fígado e da vesícula que empurra algumas das misturas de óleo de volta ao estômago, principalmente se o cólon não estiver limpo. No entanto, a náusea pode ocorrer principalmente se o estômago sofrer de deficiência de ácido clorídrico e, assim, deixa o esfíncter do esôfago aberto e permite que o conteúdo do estômago volte.
      Em geral, a náusea passa à medida que a manhã avança. No entan- to, se a náusea for muito forte e você sentir que irá desmaiar ou vomitar, pode ingerir um tablete de ácido clorídrico de betaína ou 30 ml de suco de aloe vera. Isto rapidamente fechará o esfíncter do esôfago e a náusea deixará de ser sentida. Duas colheres de chá de vinagre de cidra de maçã tomadas com 30 ml de água também ajudam.
      Durante uma de minhas 12 limpezas do fígado, passei uma noite horrível e, apesar de vomitar a maior parte da mistura de óleos, essa limpeza foi tão boa quanto as demais que eu já havia realizado. Quando vomitei, o óleo já havia feito seu trabalho, ou seja, já havia liberado os cálculos. Se isso acontecer com você, lembre-se de que essa situação representa somente uma noite ruim. A recuperação de uma cirurgia convencional da vesícula pode levar semanas ou meses. A cirurgia tam- bém pode levar à dor extrema e ao sofrimento nos anos seguintes.

      Excluir
  30. Olá, eu realizei a limpeza com muito sucesso, alguns desconforto que senti não considero significante diante do resultado positivo que alcancei após fazer as 12 limpezas, exatamente como recomendado pelo autor do livro. Agora só estou aguardando para recomeçar de novo e com a certeza de alcançar os mesmos resultados que obtive a primeira fase. No começo achei que iria me sentir mal, mas graças a Deus mesmo ingerindo todo aquele azeite com o suco no decorrer da noite não senti nenhum desconforto que me fizesse perder o sono. Durante as 12 limpezas jamais senti vontade de vomitar, sempre fiz a limpeza do colo seguindo as orientações do autor e não me arrependo pretendo dar continuidade a essa limpeza as duas vezes por ano conforme o recomendado pelo autor. Eu recomendo essa limpeza, porque acho fundamental eliminar de forma continua as impurezas acumuladas no nosso fígado.

    ResponderExcluir
  31. Bom dia.
    Recentemente fiz quimioterapia para trás entende de um câncer de mama, terminei a quimioterapia a 2 meses e agora estou fazendo a radioterapia. Eu posso fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Copio abaixo um trecho do novo livro da Limpeza do fígado, a ser publicado no brasil ainda este ano, onde Andreas Moritz fala especificamente deste assunto:

      Eu recomendo veementemente não realizar as limpezas do fígado até 6 a 8 meses depois de ter recebido a última sessão de quimioterapia. Os produtos químicos altamente tóxicos da quimioterapia podem demorar esse tempo até serem completamente absorvidos e encapsulados em pedras biliares, o que, nesse caso, é o que se quer que aconteça. Do contrário, realizar as limpezas do fígado pouquíssimo tempo depois da quimioterapia pode fazer com que os venenos da quimioterapia vazem pela bílis até os intestinos, provocando diversas perfurações e inflamações nas paredes intestinais. Em outras palavras, limpar o corpo após a quimioterapia pode ser perigoso; nesse caso, é melhor estar congestionado e primeiramente se focar em outros tratamentos sugeridos neste livro.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Olá amigo gostaria de saber como ministrar o ácido malico em capisular
      Pos só falam do acido malico em pó
      Obrigado . Amigo do RJ

      Excluir
    4. Andreas Moritz recomenda que, ainda que se compre o ácido em cápsulas, que se abra as cápsulas e se dissolva o pó em 1 litro de água, e que esta solução seja bebida ao longo do dia, longe das refeições, tal como se faz com o suco. Pode-se abrir as cápsulas sobre uma colher de café (a menor de todas). É preciso uma colher de café rasa dissolvido em um 1 litro de água durante 6 dias. Uma vez que comprei em cápsulas, necessitava 4 cápsulas para ter a quantidade necessária.
      O consumo regular do ácido málico na água ao longo do dia tem um potencial muito maior de amolecimento dos cálculos do que tomar, por exemplo, 4 cápsulas no dia.

      Excluir
  32. Boa noite!
    Tenho hérnia umbilical e essa é uma das contraindicações para realizar a hidrocolonterapia. Não sei as consequências se eu fizer...
    Como poderei fazer a limpeza do fígado??
    Obrigada pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, sugerimos que a senhora faça a limpeza acompanhada por um médico que trabalho com esse método. Ele saberá como contornar a situação para que a senhora possa realizar a limpeza do fígado. Caso não conheça nenhum, escreva para a equipe Perlas Prill (contato@perlas-prill.com.br) que eles poderão recomendar alguém.

      Excluir
  33. Olá Parvati, boa tarde, não possuo mais vesicula, tenho diabetes II e síndrome de intestinos irritado, farei a limpeza do fígado logo mais, mas creio que seja necessária a limpeza do cólon antes, minha pergunta é, com colosan a eficácia de limpeza seria como a da lavagem com água? Esta limpeza elimina o muco tb como estas feitas em clínica? Muito obrigado por sua dedicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rod, nada substitui a lavagem com água. O mais indicado é a hidrocolonterapia feira em clínicas, mas caso não tenha acesso, faça com uma bolsa de enemas - irrigador. Mesmo com uma bolsa de 2 litros, que é uma limpeza ainda limitada comparada com a hidrocolonterapia, é muito superior à que pode ser feita pelo Colosan. O Colosan é maravilhoso para eliminação de materia fecal velha aderida às paredes do colon, mas para a limpeza do fígado deve ser feita a lavagem com água.

      Excluir
  34. Bom gente eu fiz a limpeza de fígado.
    Segui a risca td falado
    Tive dificuldade de tomar o azeite.pela sensação de tá engolindo óleo.
    Posso afirmar.faz 24 dias que fiz estou mt bem parou as diarreias inchaços.boca amarga.dores de cabeça.vontade de vomitar.
    Tô nova mt bem desposta.
    Só tenho a agradecer.
    Tenho gordura gral 2 .dia 21/7/16 irei bater a ultrasom pra ver se diminuiu a gordura.
    Coloquei cerca de 500 gramas de uma massa pastosa verde e amarela.
    Foi bastante.antes de fazer o tratamento ja vinha tô.ando limão com couve e gengibre de manhã .logo depois iniciei o tratamento.
    E gente comprem maca não tomem suco de caixinha.prefiram a fruta.

    Sabe lá o processo desses sucos cheios de conservantes.

    ResponderExcluir
  35. Tenho esteatose hepática severa e não tenho cálculo na vesícula biliar. Teria eu indicação desfazer a limpeza hepática? Grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM! o primeiro material que sairá será a gordura que está alojada nos ductos biliares. Despois, na segunda ou terceira limpeza é que sairão os cálculos do fígado. Ainda que o senhor não tenha calculos na vesícula, por acreditar que sim tem no fígado... a esteatose já é um indício de fígado sobrecarregado.

      Excluir
  36. Gente, confesso que só hj pude me interar ao assunto lendo a matéria e tds as perguntas e respostas do Sr Parvati Devi, achei super interessante e de muita importancia o fato de cuidar de um órgão de tamanha importancia em nosso corpo que é o fígado! Vou comprar o livro p maior conhecimento e gostaria de saber se essa limpeza tbem consiste em limpar a gordura no fígado? Pois no exame de rotina quem fiz ano passado, o medico diagnosticou que tenho gordura no fígado, porem que não tem remedio a não ser fazer caminhadas que seria p não aumentar, isso é verdade? Muito obgda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sueli, que bom que chegou até a senhora o conhecimento desse método.
      Ele limpa SIM a gordura no fígado, é o primeiro material que sai nas primeiras limpezas. Quem tem muita gordura, pode ser que não elimine cálculos na primeira ou segunda limpeza, pois inicialmente tem que sair esse material, que aparece na forma de uma espuma branca boiando na água do vaso sanitário... depois, nas limpezas seguintes, começarão a vir os cálculos.
      Boas limpezas.

      Excluir
  37. Olá !!

    Fiz minha primeira limpeza e consegui expelir muitos microcálculos marrons e brancos, algumas pedra verdes do tamanho de uma ervilha e algo gelatinoso bem espesso e verde.
    Estou desconfiada que não eliminei todas as pedras, pois estou inchada com dores nas costas e minha digestão piorou.
    Gostaria de saber se realmente não expeli todas as pedras, e se isso aconteceu, gostaria de saber o que posso fazer. Se poderia fazer uma nova limpeza e quantos dias após a primeira limpeza eu poderia fazer a segunda para tentar eliminar o resto das pedras que podem estar trancando os meu ductos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, certamente a senhora não eliminou todas as pedras. Os hábitos da vida moderna geram muitos cálculos que necessitam uma série de
      Limpezas para serem eliminados. Então siga fazendo as limpezas uma por mês até o fígado ficar limpo o que pode levar umas 8 ou 10 limpezas.
      Mas também se assegure que está limpando corretamente o cólon ANTES E DEPOIS de cada limpeza pois os sintomas que a senhora descreveu de inchaço e dor nas costas tem toda chance de ser cálculos que foram eliminados do fígado e que ficaram presos no cólon, onde voltam a ser reabsorvidos dando sintomas de toxidade como os que a senhora descreveu. A boa limpeza do cólon é fundamental para o êxito das limpezas do fígado.

      Excluir